Em Guarda

Este usuário não compartilhou nenhuma informação biográfica

Página Inicial: https://emguarda.wordpress.com

A mão de Deus está aqui

Exercício: estique o braço, olhe para ele, essa é a distância de um braço, correto?

Há alguns anos  aconteceu uma tragédia do Rio de Janeiro, durante as festas de final de ano, foi um deslizamento muito grande e vários hotéis foram soterrados e muitas pessoas morreram. Ouvi de um pregador que ele foi interrogado sobre onde estaria Deus durante uma tragédia como aquelas, então esse pregador disse que respondeu o seguinte: Deus estava onde sempre esteve, a igreja é que infelizmente ainda não estava lá. Fiquei muito tempo, mas muito tempo mesmo, com essa resposta ecoando em mim, sem entender.

Esse final de semana meu pastor pregava e falou como ele gostaria de que a igreja fosse mais solidária, mais social e servisse a comunidade. Fiquei no banco pensando “mas afinal o que ou quem impede a igreja de fazer mais?” Tive a resposta lá mesmo; quem: Nós; o que? Imobilidade.

Se eu te perguntasse qual o cumprimento do braço de Deus, com certeza você responderia que é infinito, não estaria errada resposta, porém ele só consegue alcançar onde o seu (isso seu braço, de você) alcança.

Creio que já deu pra entender onde quero chegar, enfim entendi o que aquele pregador quis dizer sobre onde Deus estava e onde a igreja não estava.  A pessoa mais importante está a distância que seu braço alcança, quando se perguntar onde estão os não alcançados agora já sabe a resposta de pelo menos onde você deveria estar.

Nossa vida em comunidade é justamente para que de braços dados possamos alcançar muito mais longe do que se estivéssemos sós.

Leia o resto deste post »

Anúncios

, , , ,

Deixe um comentário

A tradução do ato de amar

Precisamos amadurecer e compreender que amar não se trata de sentimento, mas de ação em favor uns dos outros. O amor a Deus se traduz no amor por Seus filhos e o destes é expresso pela obediência aos mandamentos, no cumprir da Sua justiça, no realizar o Seu querer e no fato de sermos uma oferta em favor da família para que haja a expressão de maturidade na vida de cada um e assim, como Corpo, O revelemos ao mundo.

João, em sua primeira carta, capítulo cinco, versículo um, afirma: “Todos aqueles que crêem que Jesus é o Messias são filhos de DeusE quem ama um pai ama também os filhos desse pai.” (1João 5.1, NTLHE). E completa no versículo dois: “Nós sabemos que amamos os filhos de Deus quando amamos a Deus e obedecemos aos seus mandamentos.” (1João 5.2, NTLHE). Por isso, compreendemos que o amor, se traduz na obediência à vontade do Pai, como está no versículo três: “Pois amar a Deus é obedecer aos seus mandamentos. E os seus mandamentos não são difíceis de obedecer” (1João 5.3, NTLHE).

Quando entendemos que somos família, membros uns dos outros e que expressamos o amor a Deus amando-os e fazendo da nossa vida uma oferta em favor deles, para que possam chegar ao conhecimento do Pai e assim, para que cada um possa ser instrumento útil ao Reino e no revelar da Sua vontade. Quando assim fazemos, estamos cumprindo aos mandamentos em amor, porque os servimos e nos responsabilizamos por suas vidas.

Tudo que fizermos uns pelos outros tem que ter como fundamento a vontade do Pai, a condução de cada um à maturidade e a expressão de Quem Ele é neste mundo e no revelar das Suas virtudes aos homens para que Ele seja glorificado.

Ennio Gomide dos Santos

Deixe um comentário

A Causa

  Na vida de casal uma pessoa não deve se submeter ao outro, mas os dois devem se submeter a relação, o casamento.

Porque-Criar-Um-Site-de-Casamento-0.jpg

  Assim também é nossa vida com a igreja de Jesus, não nos submetemos às pessoas ou as denominações, mas a causa do Senhor, revelar o Pai onde a gente estiver no trabalho, na rua, no trânsito, na família, etc.

  Não é fácil, se entendermos se torna mais fácil, não torna fácil, nem Jesus achou a missão dele fácil (se possível afasta de mim esse cálice, disse o Mestre)

o-que-não-dizer-numa-briga-de-casal-1  É difícil pois implica em deixar de buscar meu próprio interesse. Isso é fácil? Claro que não. Não é fácil se relacionar com pessoas que mal conhecemos, não os compreendemos e não somos compreendidos, mas uma coisa facilita, estamos  no mesmo processo, membros do mesmo corpo. Os talentos que Deus nos deu são para ajudarmos uns aos outros, não para uns mandarem e outros obedecer, não para uns falarem e outros ouvirem, mas para ajudarmos uns aos outros, isso é viver igreja.

  A “igreja” chamamos de ir a um templo, reunir, cantar, orar, cumprimentar e  despedir, lamento mais isso não é igreja, isso é religiosidade, isso não faz sentido.

  Precisamos aprender a viver em função da relação e ai sim cumprir o propósito do Senhor para nossas vidas, mesmo que isso não seja tão agradável. Lembro que é deixar de pensar em si e passar a pensar na pessoa do nosso lado, não, não é fácil.

  Jesus não veio fazer a própria vontade, mas a vontade do Pai, então é essa a razão de estamos aqui. Senão não fazer o menor sentido nos reunirmos, podemos até vir, podemos até prestar um serviço a Deus (sim existe diferença entre serviço e trabalho) até podemos orar, expulsar uns demônios, ,…. Mas e se Jesus disser que não nos conhece?

  Isso é serio, muita responsabilidade, entendimento.

Se tudo o que fazemos é para alcançarmos felicidade, conquistas pessoais, garanto nunca seremos felizes, o ser humano é insaciável, O livro de Eclesiastes cap3 (depois de Provérbios e antes de Cantares) diz que o Senhor colocou a eternidade dentro de nós em nosso coração. Precisamos simplificar.

  Quando fazemos a vontade de Deus, experimentamos a verdadeira vida, independente do que estejamos passando ou das dificuldades encaradas .

  Então viver igreja não depende do pastor, pregador, cantor, etc.… não é o que os outros tem que fazer, mas depende do que eu preciso entender que devo fazer.

  A pessoa que me vê não pode viver a vontade do Pai baseada no eu faço ou deixo de fazer. Essa mesma pessoa só vai viver a vontade do Pai quando ele entender que ele deve viver e fazer a vontade o Pai. Quando eu faço algo, canto ou oro, não é para mim, mas para que a pessoa do meu lado veja Deus em mim e então juntos possamos cumprir os propósitos planejados lá na eternidade.

  Eu viver ou não tudo o que escrevi aqui não tem a ver com a culpa de alguém ou no que outra pessoa pensa, mas com a minha culpa por não buscar e não querer a vontade do meu Pai.

abrac3a7o  Tudo depende do nosso compromisso, sempre teremos tempo para o que nos é prioridade. É por isso que andamos juntos. Não ficamos esperando por um novo reino mas estamos aqui para revelar o Reino de Deus, e revelamos esse Reino quando nos relacionamos como os irmãos segundo a vontade e o querer do Rei.

  Enquanto não escrevo sobre, recomento fortemente o livro “Maravilhosa Graça

Um abraço e fique com Deus, tudo de bom sempre.

 

 

, , , ,

Deixe um comentário

​Um bom dia, para recomeçar

Escrever em um blog é muito bacana pois afinal falamos do que gostamos, de nós mesmo.
Tenho escrito pouco justamente por isso, não quer mais falar de mim, quero ouvir os outros.

Sigo um pessoa no tweter e ele é muito sincero quando define o seu dia, vou fazer uma versão que  vou chamar de “verdadeiro cristão” do que ele faz:

· Acordei e nem orei

· Se agradeci a Deus por ter acordado, foi tão rápido só Deus para ter percebido o pensamento

· Ainda não li a bíblia e dificilmente vou ler

· Antes de dizer qualquer coisa agradável aos meus filhos, gritei com eles

· Visitei uns parentes, por obrigação

· Compartilhei uns versículos no whattsapp

· Tive quer respirar fundo e exercitar a mansidão 3 vezes

· Fui ao culto, achei o som alto, as crianças não paravam quietas,  desejei Paaaaaaz para um monte de gente

· Em casa lembrei de dar o primeiro beijo na esposa. (boa noite)

Apesar desse fracasso e de um novo fracasso eminente a cada dia, tenho sido tratado a cada dia, o versículo compartilhado e hoje está ecoando em mim foi Felipenses 2, 5-11 (depois de Efésios e antes de Colossenses).

Obrigado por ler e sei que um dia nos encontraremos, caminhos diferentes mas se estamos indo para o mesmo lugar um dia nos encontraremos nesse caminho.

Fique com a Paz que excede todo entendimento e tenha uma ótima semana

 

2 Comentários

De onde você é?

 Nasci no RS moro no MT, me considero gaúcho mas, com muito mais influências do MT do que do RS. O que determina minha origem é onde eu nasci, lá na minha identidade está a cidade que eu nasci, mesmo que eu faça uma nova. Sempre que me perguntam de onde vim começo pelo RS. Então, para sermos cidadãos do céu, com origem no céu realmente temos que nascer novamente, nascer lá, um nascimento espiritual, por mais que tentemos remendar o antigo sempre vai haver uma origem não condizente com o novo.

 

Muitas pessoas estão abandonando o sistema religioso e outras até mesmo abandonando suas igrejas para viver em outros ambientes diferentes alegando que agora estão vivendo o Reino de Deus, mas na verdade em suas identidades continua descrito o lugar a que pertencem, os hábitos são os mesmos, as praticas não mudam, as motivações continuam voltadas para própria satisfação pessoal, mudaram somente de lugar. Jesus te faz um convite espetacular, te convida a nascer de novo, e essa é a única maneira em que você rompe com um sistema destrutivo e não continuar do jeito que era antes. Foi este convite que Ele fez a Nicodemos (João 3) e nós faz. Necessário vos é nascer de novo, uma nova vida em Cristo está preparada para você!!

Tudo de bom e do melhor, sempre.

Deixe um comentário

O evangelho de Jesus

Esse é o evangelho de Jesus: Há esperança para nós, mesmo sendo impossível para o homem alcançar o favor de Deus, Deus criou um caminho para que isso fosse possível.

Então vamos viver de maneira digna a nossa vocação coerente com aquilo que Deus nos chamou para sermos, todos os dias nos esforçando para que o pai seja adorado na vida uns dos outros. E que nossa oferta chegue no altar  do Pai, que é a vida do nosso irmão. E nosso irmão fique feliz, e aí sim o Pai se agrade de nós quando o irmão é abraçado, o Pai o abraça, mesmo que seja com nossos braços. Então abramos os braços e chamemos a responsabilidade para nós. Isso é evangelho.

Pessoas que entenderam isso agora andam no mundo contando que essa notícia é muito boa. Isso é evangelizar.

 

Tudo de bom e do melhor, sempre.

,

Deixe um comentário

Marcas de batom no espelho

Numa escola de elite em SP estava ocorrendo uma situação inusitada: meninas que usavam batom, todos os dias beijavam o espelho para remover o excesso de batom. O diretor andava bastante aborrecido, porque o zelador tinha um trabalho enorme para limpar o espelho ao final do dia. Mas, como sempre, na tarde seguinte, lá estavam as mesmas marcas de batom…

Um dia o diretor juntou o bando de meninas no banheiro e explicou pacientemente que era muito complicado limpar o espelho com todas aquelas marcas que elas faziam. Fez uma palestra de uma hora. No dia seguinte as marcas de batom no banheiro reapareceram…

No outro dia, o diretor juntou o bando de meninas e o zelador no banheiro, e pediu ao zelador para demonstrar a dificuldade do trabalho. O zelador imediatamente pegou um pano, molhou no vaso sanitário e passou no espelho. Nunca mais apareceram marcas no espelho!
Há professores e há educadores… lembrem-se os pais, professores alfabetizam ensinam, país educam e dão direção.


Comunicar é sempre um desafio!

Às vezes, precisamos usar métodos diferentes para alcançar certos resultados.

 

 

 

Por quê?

*Porque a bondade que nunca repreende não é bondade: é passividade.

*Porque a paciência que nunca se esgota não é paciência: é subserviência.

*Porque a serenidade que nunca se desmancha não é serenidade: é indiferença.

*Porque a tolerância que nunca replica não é tolerância: é imbecilidade.

“O saber a gente aprende com os livros, a sabedoria se aprende com a vida”

 

Tudo de bom e do melhor, sempre.

, , ,

Deixe um comentário