Arquivo de outubro \23\UTC 2015

Só um diamante pode lapidar outro diamante.

Diamante-Bruto-FotoSó um diamante pode lapidar outro diamante.
O brilho do diamante é um brilho eterno.
Há pelos menos 5 mil categorias de diamantes, e 40% se perdem no processo de lapidação.
Então o maior desafio não é achar o diamante, mas lapidá-lo.
Convencer alguém a se tornar um cristão não é tão difícil, agora mudar o caráter só Deus tem o poder.
Só um diamante pode lapidar outro diamante.
Tem que haver um segredo, porque o Senhor nos conduz a reuniões quase que diárias com pessoas que já determinaram suas vidas a Cristo?
Só um diamante pode lapidar outro diamante.
Tem que haver um segredo aqui.
Por qual motivo nos reunimos quase que diariamente em um local? ouvimos as mesmas coisas, somos sujeitos as mesmas situações.

Só um diamante pode lapidar outro diamante.

233206d8a8a25024f7de2a8cf95bb6dd

, , ,

Deixe um comentário

O que vai mudar essa geração

bO que vai mudar essa geração não e as passeatas dos evangélicos
Nem o show gospel
Nem o retiro dos departamentos
Nem as pregações nos púlpitos
Nem as bíblias em baixo dos braços dos crentes…
O que vai mudar essa geração é a manifestação dos filhos de Deus.
Quem vai ser usado para mudar essa geração não é quem anda, canta, se reclusa, grita, estuda,… mas quem chora por essa cidade, estado e nação.

Seu irmão Éder

02/09/2015

Deixe um comentário

Cristãos solitários

s09A solidão faz parte da vida de muitos de nós. Não são poucas as pessoas que vivem cercadas por multidões mas, por trás dos sorrisos artificiais, vivem em estado de absoluta solidão. Pessoalmente valorizo muito o estar só, buscar um lugar isolado, sentar-se e ficar apenas pensando, misturando o som de ondas com o de pensamentos – é uma dinâmica extremamente produtiva. Gosto de fazer isso. Como diz Frejat, “às vezes levo o meu corpo para passear”, é por aí. Só que isso não é solidão, é solitude. Embora pelo dicionário os dois termos sejam sinônimos, na vida prática estão muito distantes. É interessante pensar em solitude como uma “atitude de buscar estar só”, é algo voluntário, escolhido, almejado. Já a solidão e mal-vinda, é perniciosa, faz mal, nos envelhece, dá câncer, é feia. Dói. Leia o resto deste post »

, , , , , , , ,

Deixe um comentário